quarta-feira, 17 de abril de 2013

a despedida.

pensámos muitas vezes se o deveriamos fazer. se seria o melhor: para nós, para eles. mais para eles. pensámos no que iamos cá deixar, na falta que eles fazem aos que ficam. pensámos em tudo, pensámos muito. e decidimos que sim: está na hora de ir embora. de ir à procura de mais e de melhor.
aceitámos a proposta que nos fizeram e avisámos os que ficam.
mas porque as coisas não podem ser sempre fáceis temos de enfrentar as dificuldades. e agora são as saudades: as saudades do pai. que foi primeiro. que foi escolher a nossa casa. o nosso bairro. que foi preparar a nossa mudança. a maria sabe que o pai foi hoje no avião. foi para a "éga". foi trabalhar.
ela não sabe que ainda faltam muitos dias para o voltar a ver.
hoje o pai foi para a noruega. foi de coração partido em busca de uma vida melhor. foi cheio de vontade de nos levar para lá depressa. enquanto isso nós esperamos: e contamos os dias.
 




 

ser feliz em lisboa.

 
bebemos bongos, comemos sandes de panado e vimos lisboa lá do alto. e levámos, mais uma vez, a maria a ver a casa onde a esperámos ansiosos. na rua da barroca, bairro alto.
 
 




 
 



 

maria em março 2011 e abril de 2012


sábado, 13 de abril de 2013

o sol e um pastel.

andamos a aproveitar o sol: faz bem ao sorriso da maria, à pele problemática do miguel e à alma da mãe e do pai. por isso andamos a aproveitar o sol. e os pastéis de belém.
 




quinta-feira, 11 de abril de 2013

o principezinho.

o meu principezinho. que tem um sorriso envergonhado.
e cresce depressa. e parece-me sempre tão pequenino.
 
 

 


não tenhas pressa miguel.